1. Home
  2. Noticias
  3. Prefeito Ronaldinho e o presidente da AMM, Julvan Lacerda , reúnem em BH com secretários do Governo.

NOTÍCIAS

Prefeito Ronaldinho e o presidente da AMM, Julvan Lacerda , reúnem em BH com secretários do Governo.

O prefeito de Moema e presidente da AMM, Julvan Lacerda e os prefeitos: Ronaldinho (Dores), Edmar Cassalho M. Dias (Camanducaia) e Daniel Sucupira (Teófilo Otoni) cobram do Governo verbas em atraso.

Postada em: 06 de fevereiro de 2018


 

O Prefeito Ronaldinho, juntamente com o prefeito de Moema e presidente da AMM (Associação Mineira de Municípios)  Julvam Lacerda , o prefeito de Camanducaia Edmar Cassalho Moreira Dias, o prefeito de Teófilo Otoni Daniel Sucupira ,reuniram-se  com alguns secretários do Governo Estadual para cobrar as remessas de verbas em atraso

Reportagem dosite varginhaonline.

"Estado propôs que os repasses sejam feitos de forma automática a partir da próxima semana e que valores referentes ao transporte escolar sejam quitados até 19 de fevereiro

O Governo de Minas Gerais, mantendo um diálogo com os municípios, apresentou nessa quinta-feira (1/2) um cronograma de regularização dos repasses aos municípios. Em uma reunião proposta pelo Estado, os secretários de Governo, Odair Cunha, e de Fazenda, José Afonso Bicalho, se reuniram com o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), o prefeito de Moema, Julvan Lacerda, no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte.

No encontro, o Governo do Estado apresentou a proposta de que o fluxo de repasses do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) aos municípios seja feito de forma automática a partir da próxima semana.

Os repasses do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) também passarão a acontecer de forma automática a partir desta mesma data. Em relação ao transporte escolar, o Governo de Minas Gerais propõe quitar os valores até o dia 19 de fevereiro.

O secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas, Epaminondas Pires de Miranda, o secretário de Cidades e de Integração Regional, Carlos Murta e o presidente da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab), Alessandro Marques, também participaram da reunião com a diretoria da Associação Mineira de Municípios." (Fonte:varginhaonline.com.br)

Houve também na Cidade Administrativa um encontro da Associação Mineira de Municípios com a presença de mais de 400 prefeitos mineiros na tentativa de cobrar do governador Fernando Pimentel (PT) o repasse de verbas em atraso.

Segue reportagem do G1 :

Prefeitos de todas as regiões de Minas vieram a Belo Horizonte na tentativa de cobrar do governador Fernando Pimentel (PT) o repasse de verbas em atraso. Segundo os prefeitos, a dívida com os 853 munícipios estaria em R$ 3,6 bilhões; e a dívida tem relação com os repasses de ICMS, IPVA, transporte escolar e saúde.

Mais de 300 administradores municipais comentaram que está difícil pagar as contas e administrar as cidades. Os prefeitos estão querendo um cronograma, com prazos de pagamento, para definir como vão trabalhar ao longo deste ano.

Nesta quinta-feira (1º), o secretário de governo, Odair Cunha (PT), apresentou uma proposta de pagamento, mas não falou em prazos. A associação esperava uma formalização, hoje, mas ela não aconteceu.

A reunião foi feita no Auditório JK, na Cidade Administrativa, como estratégia de aproximação com o governo estadual. Só que o governador estava cumprindo agenda fora da capital, no Sul do estado, e não mandou representante.

Em nota, o governo do estado informou que a proposta para os municípios é repassar o dinheiro do IPVA de forma automática, a partir da próxima semana. Sobre o ICMS, a nota diz que os repasses estão em dia, mas que também passarão a ser feitos de forma automática a partir da semana que vem. Em relação ao transporte escolar, o governo prevê quitar os valores até o dia 19 deste mês.

Assista a reportagem do G1 acessando o endereço abaixo:

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/prefeitos-de-mg-cobram-do-governo-repasses-de-impostos-saude-e-transporte-escolar.ghtml